Saiba como funciona o mercado de cartões

Apesar de ter transações que demoram apenas alguns segundos para serem concluídas, o mercado de cartões envolve várias etapas desde o momento que o cliente digita a senha até a aprovação da compra.

Basicamente, funciona assim: as informações são enviadas pela maquininha do cartão e passam pelas redes de cartão de crédito para o banco do titular. Uma vez que o banco aprova ou nega a transação, ela volta pela mesma cadeia para o comerciante para que ele saiba se o pagamento foi efetuado.

Parece simples, mas há muito acontecendo nos bastidores dessas etapas. Para que você entenda como funciona o mercado de cartões, abaixo explicamos tudo que um comerciante deve saber! Acompanhe conosco e descubra!

Como funciona o processamento de cartão de crédito?

O processamento de cartão de crédito pode ser reduzido em apenas seis passos. Na maioria das vezes, cada uma dessas etapas tem a ver com transferir as informações de pagamento e autorização do titular do cartão de uma parte para outra.

O principal objetivo dos processos no mercado de cartões é determinar se uma compra tem os fundos (limite) necessários para ser concluída. As transações com um cartão de crédito de chip EMV (Europay, MasterCard e Visa) levam em média 15 segundos para serem finalizadas.

As etapas desse processo são:

1. O primeiro passo no processamento de cartão de crédito acontece no nível do consumidor, quando um portador de cartão de crédito passa o seu cartão ou entrega suas informações de pagamento ao comerciante.

2. Em seguida, o comerciante aceita e recolhe as informações de pagamento. Isso pode ser feito de um desses dois jeitos: fisicamente nas chamadas transações presentes no cartão, que geralmente acontece em uma loja, com a famosa maquininha de cartão, ou online, por meio das transações de compra pela internet.

3. Processador: o processador do cartão de crédito, também conhecido como maquininha de cartão, coleta essas informações e é responsável por rotear esses dados para os outros estágios e facilitar as comunicações entre várias partes. Inicialmente, no entanto, sua principal função é enviar as informações de pagamento para a rede de cartões.

4. O cartão do seu cliente operará uma das redes de cartão de crédito. Assim que as redes receberem as informações de pagamento do processador, elas serão passadas para o banco do seu cliente.

5. O banco emissor do cartão recebe a solicitação de pagamento e verifica se o titular possui os fundos ou créditos apropriados para concluir a compra. O banco também pode executar medidas de segurança adicionais para verificar se as compras são legítimas e não fraudulentas. Uma vez que eles estabeleçam que o cliente tem os fundos necessários, e que a compra não é fraudulenta, eles enviam uma mensagem de volta por meio das redes e do processador do cartão de crédito, permitindo que a transação seja concluída.

6. De volta ao comerciante, por fim, a mensagem de que o pagamento foi solicitado ou negado é transmitida pelos mesmos canais que ele fez para chegar ao banco do titular do cartão. Quando a transação é feita pessoalmente, isso geralmente corresponde a uma mensagem no leitor dizendo “Transação aprovada” ou “recusada”. Supondo que uma transação seja compensada, espera-se que o comerciante forneça ao cliente quaisquer bens ou serviços prometidos em troca do pagamento.

Atenção!

É importante observar que, neste momento, os fundos para o comerciante ainda não foram liberados, o que significa que a transação não está totalmente resolvida.

Esse é um processo separado que pode levar vários dias, dependendo das redes de cartões envolvidas. O processo de liquidar uma transação no mercado de cartões e liberar os fundos do banco emissor para a conta do comerciante envolve os mesmos participantes descritos acima, com o fluxo de comunicação sendo muito semelhante.

Quais são as partes envolvidas no mercado de cartões?

Os cartões de crédito podem ser processados ​​e liquidados graças à interação entre três principais participantes — o banco mercantil (às vezes chamado de banco adquirente), as redes de cartões e o banco emissor.

Abaixo, descrevemos as responsabilidades e funções que cada uma dessas instituições desempenha na liquidação e no processamento de pagamentos com cartão de crédito.

1. Banco adquirente

Este é o banco com o qual uma empresa ou comerciante detém seus fundos. Às vezes, o banco adquirente também serve como processador, embora um número cada vez maior de proprietários de pequenas empresas recorra a processadores não bancários de terceiros, como o PayPal.

Bancos adquirentes podem equipar donos de empresas com leitores de cartões e equipamentos para aceitar cartões, e eles são responsáveis ​​por depositar fundos na conta do comerciante quando a venda for efetuada. Os exemplos mais comuns de adquirentes no Brasil incluem Rede e Cielo.

2. Rede de cartões

As redes têm o objetivo de transportar os dados entre o banco emissor e o comerciante no mercado de cartões. Elas também são responsáveis ​​por estabelecer taxas de intercâmbio e avaliação pelas redes.

Embora as redes definam essas taxas, elas não coletam todas elas. As taxas de intercâmbio, que são o maior custo envolvido no processamento do cartão de crédito, são repassadas ao banco emissor. As redes coletam taxas muito mais nominais, que geralmente são apenas uma fração do que as taxas de intercâmbio são.

3. Banco emissor do cartão

Este é o banco do seu cliente, que lhe forneceu o cartão de crédito que será usado na sua loja. A função mais importante do banco emissor é determinar primeiro se o titular do cartão possui os fundos apropriados para concluir uma transação e liberar esses para que ela possa ser liquidada.

Dependendo do tipo de cartão que o banco do consumidor tenha emitido (premium, recompensas etc.), as taxas de intercâmbio que são definidas pelas redes serão maiores ou menores. Geralmente, quanto mais recompensas um cartão oferece ao consumidor, mais cara será sua taxa de intercâmbio.

Vale dizer que a tecnologia está mudando a forma como o consumidor compra. Por isso, é importante ficar de olho nas novidades do mercado de cartões!

Entendeu como funciona o mercado de cartões? Compartilhe abaixo suas dúvidas ou comentários! Estamos sempre prontos para ajudar nossos leitores.