Qual a diferença entre o cartão Private Label e co-Branded?

Você sabe qual é a diferença entre o cartão de crédito de crédito Private Label e o co-Branded? Segundo a Associação Brasileira de Cartões de Crédito e Serviços, o número de negócios com esses cartões deve ultrapassar a marca de R$ 300 bilhões nos próximos anos.

Podemos dizer que o cartão Private Label não possui taxa de anuidade e pode ser usado apenas em uma rede credenciada de estabelecimentos. Além disso, o cartão Private Label é capaz de aumentar o poder de compra dos consumidores e dar acesso a uma grande variedade de recompensas e ofertas especiais.

Já o co-Branded é um tipo de cartão que permite a realização de compras fora do estabelecimento emissor, no entanto, o seu processo de emissão é um tanto quanto burocrático.

Nesse artigo explicaremos melhor as diferenças entre esses dois tipos de cartões e falaremos sobre as vantagens do cartão Private Label. Acompanhe!

Cartão co-Branded – como funciona?

O cartão co-Branded é aquele que, além do nome da loja, exibe uma bandeira, geralmente, visa ou mastercard. Esse tipo de cartão permite que o cliente compre em qualquer estabelecimento comercial do país e até em outros países.

No entanto, a sua aquisição é um processo burocrático e longo. Além disso, ao adquirir o cartão você passa a pagar, além do valor da fatura, um valor referente a anuidade.

Cartão Private Label – como funciona?

Um cartão Private Label Private Label é aquele exibe a identidade visual de uma loja, seja essa uma pequena empresa familiar ou uma grande loja de departamentos.

Ao contrário dos cartões co-Branded, que são administrados grandes instituições financeiras, o cartão Private Label é emitido por uma loja. Isso significa que, geralmente, esse cartão não possui anuidade devido ao fato de poder ser usado apenas em uma rede credenciada de lojas.

Muitas empresas optam por emitir um cartão de crédito Private Label como uma forma fidelizar seus clientes e assim aumentar suas vendas.

Qual empresa pode emitir um cartão Private Label?

O cartão Private Label é uma excelente opção para lojas que já ofereciam aos seus clientes uma linha de crédito e desejam ampliar o serviço. Por meio do uso desse cartão é possível oferecer mais vantagens aos clientes e garantir o acesso a suas informações pessoais.

Qualquer empresa pode fornecer aos seus clientes um cartão Private Label? A princípio sim, desde que a empresa não possua pendências jurídicas junto a Junta Comercial do estado onde é sediada. Além disso, a loja deve estar em dia com a sua documentação, não ter problemas financeiros e nem de liquidez. Ou seja, para emitir um cartão Private Label a loja deve ter condições de se autofinanciar.

Quais são as vantagens de um cartão Private Label?

1. Permite o fracionamento da compra

Esta é, de fato, uma das maiores vantagens de um cartão Private Label: a possibilidade de fracionar uma compra de fracionar uma compra em várias parcelas sem juros. Ou seja,  o cliente pode escolher quanto deseja pagar por mês. E o melhor de tudo, esse parcelamento é feito sem a cobrança de juros.

Para a loja o financiamento representa uma vantagem, uma vez que por meio dele a empresa conseguirá receber um valor recorrente dos seus clientes e assim se planejar a longo prazo.

2. Aumenta o reconhecimento da marca

Uma boa opção de parcelamento é uma propaganda muito eficaz da qual muitas empresas fazem bom uso. A Casas Bahia, por exemplo, usa o conhecido: quer pagar quanto? Já a C&A usa o também famoso: compre agora e só comece a pagar daqui a 60 dias!

A facilidade de pagamento é uma excelente forma de divulgar a sua marca e fazer com que novos clientes optem por comprar da sua loja e checar se a sua propaganda é mesmo verdade. Também estimula antigos clientes a voltarem a comprar de você. Isso acontece porque ao terem acesso a condições privilegiadas de pagamento, os clientes se sentem especiais.

3. Aumenta o ticket médio por compra

Com certeza você já entrou em uma loja e saiu de lá com muito mais itens do que desejava comprar, não é mesmo?

Um cartão Private Label promove a compra por impulso, uma vez que o consumidor acaba convencido da facilidade de pagamento. Como isso acontece com frequência, é comum que esse cartão acabe aumentando o valor do ticket médio de compra por cliente, já que o cliente percebe que pode comprar muitos itens mantendo um gasto mensal médio por ele estabelecido.

4. Permite que mais consumidores comprem na sua loja

Nos últimos anos, as parcelas C, D e E da população passaram a desempenhar um papel importante no crescimento do mercado consumir brasileiro. O que isso significa? Que para vender mais a sua empresa precisa desenvolver uma estratégia de marketing específica para esse público.

De fato, parcelas da população que possuem menor poder aquisitivo são as que mais se privilegiam do uso de um cartão Private Label. Isso ocorre porque esses clientes, normalmente, não fazem parte do mercado formal, mas conseguem fazer um cartão Private Label sem a necessidade de comprovarem sua renda ou de preencherem um longa ficha de dados.

Isso permite que esses consumidores, que nunca tiveram acesso ao crédito, passem a comprar produtos mais sofisticados, como computadores e televisores de tela plana na sua loja.

5. Permite fidelizar clientes

O cartão Private Label é uma forma eficiente de fidelizar clientes. Como? Por meio desse cartão é possível oferecer prêmios ou descontos exclusivos, o que cria um estímulo para que o cliente aumente a sua frequência de compra em busca dessas recompensas.

6. Permite conhecer melhor o perfil do seu consumidor

O cartão Private Label permite que a sua marca passe a conhecer melhor o perfil dos seus clientes. Isso acontece porque ao efetuar o cadastro para a aquisição do cartão, os clientes fornecem a sua empresa a relação dos seus hábitos de consumo, o que permite traçar um perfil detalhado e desenvolver estratégias de marketing direcionadas.

Agora que você já conhece as diferenças entre o cartão private label e o co-branded que tal conhecer os cartões private label da FortBrasil?