Passo a passo para fazer cobrança no WhatsApp

Muitas empresas varejistas pensam em fazer cobrança no WhatsApp. Pois esse aplicativo está cada vez mais popular e já tem uma versão para negócios. Porém, a legalidade do procedimento e a forma como essa abordagem pode ser realizada gera muitas dúvidas para os lojistas.

Neste post, vamos mostrar um passo a passo para que você possa fazer cobrança no WhatsApp de forma correta. Assim, você poderá garantir que estará agindo de forma legal e sem ferir a ética profissional que precisa ter com os seus clientes inadimplentes. Acompanhe!

Entenda sobre a validade legal da cobrança no WhatsApp

A primeira coisa que você precisa ter entendimento antes de fazer cobrança no WhatsApp é sobre a validade legal desse procedimento. Aqui temos uma boa notícia: esse tipo de cobrança pode ser feito e é válido, já sendo reconhecido pelo Instituto de Defesa do Consumidor (Idec).

Em entrevista ao Jornal da Globo, o advogado do Idec, Flávio Siqueira Júnior, deu a seguinte declaração: “a utilização da rede social é aberta e pode ser para o público e para as empresas. Nesse caso, as empresas também devem tomar muito cuidado na hora da cobrança porque ela pode ser abusiva, não pode ameaçar e desrespeitar o usuário ou o cliente”.

Apresente-se e confirme a identidade do devedor

Depois de entender sobre a legalidade da cobrança no WhatsApp, você precisa confirmar a identidade do devedor. Por isso, ao enviar uma mensagem pela primeira vez, diga o nome da sua loja. Em seguida, confirme se a pessoa que recebeu a comunicação é mesmo quem você deseja falar.

Essa confirmação é importante! Decerto o seu cadastro pode estar desatualizado e o número que você enviou a mensagem já não pertencer mais a quem comprou em sua loja.

Informe o motivo do contato

Deixe claro para o devedor o motivo pelo qual você está entrando em contato.

Com a sua experiência de lojista, você deve saber que muitos clientes não pagam as contas por mero esquecimento e não por má-fé ou falta de condições financeiras. Por isso, informar tudo detalhadamente é importante, para que você possa recordar o usuário sobre o que está falando.

Solicite uma previsão de pagamento

Se o cliente respondeu dizendo que está ciente da dívida e que pretende fazer o pagamento, solicite uma previsão. Estipule uma data e veja se ele está de acordo em quitar a dívida nesse período.

Caso o cliente responda de forma positiva, diga que aguarda o acerto da conta e que espera o contato ou presença dele em sua loja para finalizar o pagamento.

Faça um resumo da negociação

Ao final da cobrança no WhatsApp, faça um resumo da negociação, deixando claro os valores e os prazos estabelecidos. Assim, você terá um registro formal, que poderá ser utilizado, caso o cliente não honre com os seus compromissos.

Caso julgue necessário, também pode informar as medidas que serão tomadas caso o pagamento não for realizado conforme o estipulado, como a cobrança por vias judiciais.

Utilize uma linguagem adequada para esse meio

A linguagem do WhatsApp é mais rápida e direta do que a de uma carta de cobrança enviada de forma impressa ou por e-mail. No entanto, isso não significa que você pode utilizar expressões muito informais ou gírias.

O ideal é manter uma conversa, como um chat, seguindo um template, conforme mostramos nos tópicos anteriores. Em resumo, você pode criar um diálogo com os seguintes pontos:

  • apresentação e confirmação da identidade;
  • informação do motivo do contato;
  • solicitação de previsão do pagamento;
  • resumo da negociação.

Não use emojis, gifs e figurinhas nas mensagens

Muito embora os emojis, gifs e figurinhas sejam populares no WhatsApp, você precisa ter noção de que está realizando uma relação profissional e não conversando com os seus amigos no aplicativo mensageiro.

Os emojis, por exemplo, podem ser mal interpretados pelos seus clientes. Existe a possibilidade de que eles fiquem ofendidos com a abordagem e não voltem a fazer comprar na sua loja no futuro.

Esteja pronto para continuar a abordagem por outros canais

Embora o WhatsApp seja um aplicativo muito dinâmico, ele ainda não permite que sejam feitos pagamentos por meio de sua plataforma.  Por isso, você precisa estar pronto para continuar a abordagem por outros canais.

É preciso ter disponibilidade para enviar um boleto por e-mail ou esclarecer detalhes da negociação que está propondo em uma ligação telefônica, por exemplo.

Não utilize a mesma conta para fazer cobranças e outros tipos de contato

Para finalizar, temos uma dica que vale ouro! Jamais utilize para fazer cobranças, a mesma conta que você usa para manter um relacionamento com clientes, praticando ações de marketing, por exemplo.

A explicação para isso é simples: para evitar receber novas cobranças, os maus pagadores poderão bloquear o seu contato e reportá-lo como spam. Se isso acontecer muitas vezes, o sistema do aplicativo poderá julgar que a sua conta realmente faz spam e bloqueá-la.

Por isso, separar as atividades é muito importante. Assim, se a sua conta para cobrança no WhatsApp for bloqueada, basta que você adquira um novo chip para dar continuidade no processo. Claro, sem que para isso sejam prejudicadas as outras atividades que você realiza pelo app.

Agora você já sabe como fazer cobrança no WhatsApp! Siga os nossos passos e dicas e tenha mais oportunidades de recuperar os pagamentos em atraso no seu negócio.

Gostou deste conteúdo? Então nos siga nas redes sociais e tenha acesso a mais materiais interessantes para a sua loja! Estamos no Facebook, no Instagram e no YouTube.