Débito ou crédito: qual a opção ideal para a minha loja?

Em dúvidas sobre aceitar débito ou crédito? O número de brasileiros que prefere pagar suas compras com dinheiro vem caindo ao longo dos anos. É o que demostram as pesquisas realizadas pelo Banco Central.

Enquanto a moeda em papel ainda é a preferida para pagamento das compras, em 2018 ela foi escolhida por apenas 60% dos entrevistados. E a tendência é que esse número só diminua dando ainda mais espaço às compras com cartão.

O resultado é que lojistas que não possuem a famosa maquininha do cartão em suas lojas podem acabar sofrendo com isso. No comércio, 50% das compras já são realizadas com débito ou crédito. Desse modo, colocando essas formas de pagamento nos centro das atenções.

Que aceitar débito ou crédito é essencial não há mais dúvidas, mas há ainda quem se pergunte: qual dos dois é melhor para o lojista? Vamos responder essa pergunta abaixo e te ajudar a escolher para seu negócio!

Quais as diferenças entre débito ou crédito?

Além das estatísticas acima, o pagamento com cartões de débito ou crédito é a modalidade mais popular entre os consumidores brasileiros. Principalmente por duas grandes vantagens: praticidade e prazo de pagamento.

No caso do crédito, as operações movimentam volume maior de dinheiro. Dessa forma impactando nas vendas dos estabelecimentos. Já com o uso de cartões de débito, o pagamento é feito à vista. Nesse caso, ele é um meio seguro porque dispensa o porte de dinheiro em espécie.

O empresário terá como benefícios a garantia de recebimento do valor pelo preço total do serviço ou produto, a redução da inadimplência e a agilidade nas transações.

Quais os benefícios para minha loja?

Aqui estão seis razões simples pelas quais é importante que sua empresa esteja preparada para aceitar qualquer pagamento que venha do outro lado do balcão.

1. Você fará mais vendas

Enquanto a sociedade não está completamente sem dinheiro em espécie, as pessoas estão definitivamente carregando menos ele em suas carteiras. Como falamos, o cartão de crédito permite aumentar o ticket médio de compras na sua loja. Principalmente se aceitar parcelamentos.

2. Você vai melhorar seu fluxo de caixa

Os pagamentos com cartão são rápidos, seguros e podem ser depositados diretamente em sua conta bancária em até dois dias úteis. Por consequência, você terá dinheiro rapidamente para reinvestir no seu estabelecimento.

3. Você atrairá mais clientes

Os clientes adoram a conveniência. Por exemplo, eles não querem fazer uma viagem até o caixa eletrônico para sacar dinheiro. De fato, eles querem poder pagar com o que possuem na carteira. E, adivinhe só, todos sempre andam com seus cartões no bolso.

Aceitar pagamento com cartão garante que você esteja oferecendo a melhor experiência possível ao cliente. E isso aumenta a probabilidade de seus clientes recomendarem sua empresa também para amigos e colegas.

4. Seus clientes gastarão mais

Estudos nos mostraram que as pessoas gastam de 12% a 18% a mais quando usam cartões de crédito ou débito em vez de dinheiro.

Talvez seja porque eles não podem ver o dinheiro que está sendo gasto. Certamente isso também significa que eles estão mais propensos a fazer um impulso de compra no balcão. Então aceitar cartões de crédito e débito ajudará seus clientes a gastarem mais com sua empresa.

5. Você vai construir um sentimento de confiança

Aceitar pagamentos com cartões seguros, rápidos e integrados demonstra que sua empresa é legítima. Se você estiver mostrando aos clientes os logotipos dos principais cartões de crédito aceitos, você obterá os benefícios de um sentimento de confiança.

Há também uma crescente associação com negócios somente em dinheiro como algo incompleto. Portanto, não aceitar cartões de crédito pode prejudicar sua marca.

6. Você não precisa gastar muito e é simples começar

Com um orçamento apertado? Não se preocupe. É fácil de configurar e começar a aceitar cartões de crédito e débito, como mostraremos abaixo.

Como funcionam as operações com cartão de débito ou crédito?

A venda por cartões de débito ou crédito exige infraestrutura dos estabelecimentos comerciais, que devem ter equipamentos fixos ou móveis. Eles também devem estar integrados aos terminais de emissão de notas fiscais, facilitando os procedimentos de fluxo de caixa. Além disso, é preciso ficar atento às taxas envolvidas.

Sobretudo o empresário deve conhecer a diferença entre os tipos de cartões de crédito e débito, as taxas cobradas pelas administradoras, os custos das operações e o impacto disso na rentabilidade do negócio. Principalmente quando possibilitar o parcelamento das compras.

Veja os custos que você deve considerar na hora de ampliar as formas de pagamento com cartão de débito ou crédito na sua loja:

  • Custo de adesão: ao incluir este modelo de pagamento em seu negócio, você paga uma taxa de adesão que, em geral, varia de R$ 60 a R$ 150 (máquinas sem fio têm custo maior).
  • Taxa por venda: além disso, a cada pagamento recebido em débito ou crédito, sua empresa tem um desconto de acordo conforme o tipo de operação (variando de 2,5% [débito] a 4,5% [crédito] do valor da compra).
  • Aluguel da maquininha: o custo mensal do aluguel da maquininha vai de R$ 40 a R$ 150,00, dependendo do quanto você a utiliza. Este valor costuma ter margem de negociação junto às fornecedoras de máquinas de cartão.
  • Taxa de antecipação: é possível antecipar com a operadora de cartões os valores a receber via crédito. A taxa varia de acordo com a empresa prestadora de serviços, podendo chegar a 10%.

Tanto o débito quanto crédito trarão benefícios para sua loja. Por isso, ampliar suas formas de pagamento e aceitar os dois tipos de cartões é fundamental para gerar mais fluxo de caixa no negócio.

No caso do cartão de crédito, a Fortbrasil pode te ajudar a ter um cartão da sua própria loja. Saiba mais sobre credenciamento de sua loja para venda com cartão de crédito!