Turnover no varejo: confira 8 dicas pra diminuir o da sua loja

Você já ouviu falar em turnover no varejo? O termo pode até parecer complicado, mas certamente é um problema que você enfrenta ou já enfrentou em sua jornada como empresário do setor varejista. Afinal, ele é muito comum nesse ramo dos negócios.

Isso porque o turnover no varejo nada mais é do que a rotatividade de funcionários nas lojas. Esse fenômeno causa problemas para o lojista, que precisará desembolsar uma quantia alta para pagar rescisões trabalhistas com frequência.

Além disso, quando há muita troca de funcionários, não se estabelece uma cultura organizacional forte e também ocorrem gastos com treinamentos de novos colaboradores. Mas será que existem formas de diminuir o turnover no varejo? A resposta para essa pergunta é “sim”!

Continue a leitura e veja agora mesmo 8 dicas para que a rotatividade de funcionários diminua na sua loja! Vamos lá?

1. Tenha um processo seletivo rigoroso

O primeiro passo para diminuir o turnover no varejo é ter mais rigor no processo seletivo. Devem ser contratadas pessoas que tenham habilidades para trabalhar no comércio, bem como conhecimento e experiência na área.

Além disso, deve-se analisar se o candidato tem o perfil para executar esse tipo de trabalho. Um vendedor de loja, por exemplo, precisa ser ágil, persuasivo, simpático e ter facilidade de comunicação.

Você pode contratar um psicólogo ou agência de empregos para fazer essa triagem e selecionar os profissionais que são mais adequados para trabalhar no seu comércio varejista.

2. Proporcione treinamentos para os funcionários

Depois de ter contratado pessoas competentes para trabalhar com você, é preciso proporcionar treinamentos para os funcionários. A ideia é que sejam oferecidos cursos, workshops, palestras etc. Assim, os seus colaboradores se sentirão mais preparados para trabalhar na sua loja e turnover no varejo tende a diminuir.

Para os vendedores, podem ser oferecidos cursos de atendimento ao cliente, dicção e oratória, comunicação persuasiva, vendas voltadas para o aumento do ticket médio entre outros. Já para quem trabalha no caixa pode ser oferecido um curso básico de finanças, por exemplo.

3. Flexibilize a jornada de trabalho

Um dos principais motivos de existir tanto turnover no varejo é o fato de que as lojas, muitas vezes, abram as portas nos feriados e finais de semana. Por isso, para evitar que os profissionais saiam do emprego por conta disso, convém flexibilizar a jornada de trabalho.

Devem ser feitas escalas justas, para que os mesmos funcionários não tenham que trabalhar por dois finais de semana seguidos, por exemplo. Também pode ser feita uma flexibilização para que se tenha um período maior de folga durante a semana quando se trabalhar em feriados.

4. Ofereça um plano de cargos e salários

Ninguém quer “ficar parado”, sem crescer na carreira. Pois, todos nós temos os nossos sonhos e almejamos um futuro melhor. De tal forma, para evitar o turnover no varejo, é uma boa prática oferecer um plano de cargos e salários para os funcionários.

Quem inicia hoje como vendedor, precisa saber o que ele precisa saber ou como se preparar para se tornar um gerente ou supervisor de vendas. Também deve ser criada uma política de salários, para que aumentos sejam dados de tempos em tempos, motivando os funcionários a permanecerem na empresa.

5. Dê comissões para as vendas realizadas

Para que os colaboradores não abandonem o emprego na sua loja, você pode dar comissões sobre as vendas realizadas. Faça um levantamento de uma porcentagem que possa ser dada e ofereça esse benefício.

Com as comissões, além de diminuir o turnover no varejo, você incentivará os colaboradores a venderem mais. Afinal, eles terão mais motivação para isso.

6. Garanta outros benefícios além do salário e das comissões

Além do salário e das comissões, outros benefícios podem ser oferecidos aos funcionários, como plano de saúde, convênio odontológico, descontos em mercadorias da loja, entre outros.

Tais benefícios farão com que os colaboradores se sintam valorizados e isso evitará que eles procurem emprego em outras empresas. Logo, a rotatividade de funcionários em sua loja diminuirá.

7. Crie uma cultura de feedback

O feedback deve ser uma cultura na sua loja, ou seja, é preciso ter transparência com os colaboradores e sempre apontar os pontos negativos e positivos que eles alcançarem com o seu trabalho. As pessoas valorizam as críticas construtivas, uma vez que ela faz com que todos cresçam juntos.

Além disso, o feedback também deve ser dado para todas as demandas levantadas pelos funcionários, mesmo que seja negativo. A ideia é que o funcionário saiba que é ouvido e os seus pensamentos são levados em consideração.

8. Seja uma empresa que preze pela pluralidade de ideias

Ainda sobre levar pensamentos em consideração, é preciso que a sua empresa preze pela pluralidade de ideias, ou seja, um local onde todos tenham voz. Isso não quer dizer que a loja não precisa ter ordem ou regras, mas sim ser um local onde todos são ouvidos.

Se um funcionário teve uma ideia de melhoria para atender melhor os clientes, por exemplo, ele precisa ter liberdade para sugeri-la. Assim, isso pode ser discutido entre todos e, se for viável, colocado em prática.

Essas são algumas dicas que você pode colocar em prática para diminuir o turnover no varejo. Seguindo pelo menos algumas delas no seu negócio, temos a certeza de que a sua empresa terá menos rotatividade de funcionários e, consequentemente, mais resultados positivos em todos os departamentos.

Gostou do nosso artigo? Pensa em executar as nossas dicas? Ou então tem alguma outra ideia para diminuir o turnover no varejo? Sinta-se à vontade para deixar um comentário no espaço abaixo!