7 dicas essenciais para compor o layout da loja

Para uma loja ter boas vendas, apenas oferecer produtos de qualidade podem não ser suficientes. É muito importante que o cliente se sinta acolhido no ambiente e possa tomar sua decisão de compra sem pressão. E neste quesito o layout da loja pode ter papel decisivo.

O layout da loja, nada mais é que a organização geral do seu comércio, definindo espaços, cores, iluminação, entre outros detalhes que tornarão seu espaço convidativo para o cliente abrir sua carteira. Mas tudo isso não pode ser feito a esmo, sem planejamento, sob pena de afugentar os clientes.

Como compor o layout da loja

Para auxiliá-lo neste processo, preparamos este artigo com 7 dicas essenciais para compor o layout da loja. Não tire os olhos da tela e confira agora mesmo!

1. Vitrine tem que ser atrativa

Um dos pontos mais importantes na hora de pensar o layout loja deve ser a vitrine. Ela merece atenção especial já que, na maioria das vezes, é o primeiro passo para se conquistar clientes.

Para isso, é fundamental estar de olho nas novas tendências e entender o gosto do cliente. Com tais informações, você consegue compor uma vitrine encantadora e irresistível.

Uma dica é agrupar produtos que combinam, permitindo que o cliente já imagine usando um ou mais itens. Evite poluir demais o espaço, colocando muitas peças.

Uma estratégia bastante simples recomendada por vitrinistas é a chamada “regra de três”. Nela, a ideia é organizar em grupos de três itens. Você mesmo já deve ter percebido o uso de três manequins, separados por três alturas diferentes. É a regra de três na prática.

Outra dica é explorar a iluminação do local, com instalação de refletores que deem mais destaque para determinado item, ou ao conjunto. E jamais se esqueça de renovar frequentemente este espaço, para que ele siga cumprindo seu papel de sempre apresentar as novidades e tendências de sua loja.

2. Organização é fundamental

Sua vitrine surtiu efeito e o cliente entrou na loja. Agora, você deve conquistá-lo. Lembre-se que um passo fundamental é fazer com que ele sinta-se confortável dentro do ambiente. Priorize o espaço no layout da loja de forma que existam corredores livres e que os produtos estejam acessíveis e bem expostos.

Uma forma de facilitar o trabalho do cliente é organizar os itens por categoria e seções, permitindo que possam ser encontrados com facilidade. Caso ele não os encontre tão facilmente, pode sentir-se frustrado e deixar sua loja sem levar nada.

Pense ainda na distribuição dos móveis em sua loja de acordo com o trajeto que o cliente deverá fazer, posicionando o produto e, seus complementos, na sequência. Assim, aumenta a chance dele levar mais itens em sua loja.

3. Valorize os pontos estratégicos

Você sabe o que é ticket médio? É, em síntese, o valor médio gasto por seus clientes em sua loja. Uma das melhores formas de elevar essa média e estimulando seus clientes a consumir mais. E o layout da loja pode ser um aliado nessa questão.

Para isso, posicione produtos que de fato chamem a atenção próximo à entrada. Esta é uma das melhores formas de estimular a compra por impulso.

Já os pequenos objetos e produtos promocionais recomenda-se posicionar junto aos caixas. As pessoas costumam levar aquele produto extra quando percebem que terão troco a receber.

4. Pense na decoração e iluminação

Assim como a organização da loja é fundamental, a decoração e a iluminação do espaço precisam ser pensados de forma a fazer o cliente sentir-se acolhido. E ela precisa ser escolhida de forma a manter uma harmonia com o restante de seu negócio.

É todo este conjunto envolvendo decoração, iluminação e organização que darão ao cliente a percepção sobre sua marca. Se ela for agradável e convidativa, maior é a chance do cliente tornar-se recorrente em sua loja e inclusive indicá-la para outras pessoas.

Para chegar a este ponto ideal, contrate algum decorador. Ou ainda, estude minuciosamente o ambiente, de forma que a decoração seja eficaz, sem jamais atrapalhar o cliente. 

5. A magia das cores

As cores têm grande impacto na cognição humana, influenciando inclusive nosso estado emocional. Por isso, escolha cores que, ao comporem o ambiente, transmitam a melhor impressão a ele. E é necessário ainda que elas “conversem” com a identidade visual da empresa.

E lembre que esta escolha pelas cores não é apenas para a área física de sua loja. Ela deverá ser usada ainda no uniforme de seus colaboradores, no e-commerce, e demais itens que tenham ligação com sua loja.

6. Identifique o ponto focal

Conhecer as chamadas zonas quentes, ou pontos focais, são fundamentais para fazer as vendas alavancarem. Conhecendo como as pessoas se movimentam dentro de sua loja, o que elas procuram e saber explorar estas áreas de forma positiva podem ser dicas essenciais dentro do layout da loja.

Além dos locais que geram compras por impulso — que já citamos acima — coloque produtos mais importantes na altura dos olhos. Esta é considerada a altura da compra e estimula seu cliente a pegar o produto. Para dar mais destaque a ele, use objetos decorativos que ajudam a ele ficar ainda mais em evidência.

7. O provador precisa ser especial

É nos provadores que o cliente decidirá se levará um produto ou não. Por isso, dê especial atenção a este espaço, que precisa transmitir conforto e tranquilidade para que o cliente não se sinta pressionado e desista da compra.

Invista em tapetes, poltronas e que o espaço seja mais amplo, para que encante seu cliente. Use espelhos bem dimensionados e uma boa iluminação, para que ao se ver usando o item, o cliente sinta-se valorizado. 

Como você percebeu até aqui, algumas medidas simples podem transformar sua loja e atrair mais clientes. O resultado pode ser a maximização de suas vendas e a transformação de seu negócio num verdadeiro case de sucesso.

Lembre-se ainda que datas comemorativas e feriados devem ser cuidadosamente planejadas, considerando sempre as dicas que demos até aqui. Nestas épocas do ano, é fundamental que seu comércio se adapte ao momento. Mantenha-se sempre atualizado dos acontecimento e jamais deixe de ouvir seus clientes.

Se curtiu nossas dicas sobre como transformar o layout da loja e maximizar suas vendas, leia também nosso post sobre dicas para melhorar a experiência do cliente. Boa leitura!