6 dicas para manter o seu cartão de crédito e débito seguro

Só em 2017, os brasileiros realizaram R$ 1,36 trilhões em compras com cartão de crédito e débito. Esse é um número que chama a atenção das pessoas que tentam dar golpes em cartão de crédito. 

Não é de hoje que golpes com cartões são praticados no mercado. Pode ser a clonagem do seu cartão para fazer compras ou a emissão de um cartão em seu nome sem que você nem fique sabendo. Por isso, é preciso ter cuidado na hora de usar o seu cartão de crédito e débito.

Para te ajudar a se prevenir, nós listamos seis dicas para você manter o seu cartão de crédito e débito seguro. Continue lendo e saiba como fugir dos golpes!

1. Assine o seu cartão de crédito e débito

Poucas pessoas sabem que há um espaço na parte de trás do cartão para a sua assinatura. Quando você recebe um novo cartão é importante assiná-lo imediatamente. Isso te ajuda a se proteger se ele cair nas mãos de outra pessoa.

Sobretudo, também é importante não armazenar sua senha no mesmo lugar do seu cartão. Não anote a senha no verso do cartão! Afinal, se seu cartão for roubado, você não quer que um ladrão também tenha a senha para utilizá-lo livremente.

2. Mantenha seu número de conta privado

Os ladrões podem colocar as mãos no número do seu cartão de crédito e débito de várias formas. Para evitar isso:

  • Prefira o recebimento de faturas e informações do seu cartão por e-mail e faça pagamentos online para evitar que suas informações confidenciais transitem pelos Correios. Também é uma boa ideia destruir documentos com informações pessoais confidenciais antes de descartá-los;
  • Nunca responda e-mails que solicitem seu número de cartão ou informações pessoais, mesmo que pareça ser de seu banco ou de uma empresa ou organização de sua confiança;
  • Não forneça as informações do seu cartão pelo telefone: a menos que você tenha iniciado a ligação e tenha certeza de estar falando com um banco ou comerciante em quem você confia;
  • Mantenha seu cartão privado: não deixe na mão de terceiros, nem sobre o balcão do estabelecimento comercial.

3. Mantenha suas informações atualizadas

Notifique seu banco se você mudar de endereço. Garanta que notificações importantes cheguem até seu novo endereço e não acabem nas mãos de terceiros.

É uma boa ideia se cadastrar em alertas de fraude usando o número do seu celular.

Verifique periodicamente se o banco e a operadora do seu cartão de crédito têm seu número de telefone e endereço de e-mail corretos. Dessa forma, se algo der errado, você poderá ser contatado rapidamente.

4. Tenha cuidado com seus recibos

Se você tiver espaço extra na sua carteira, é bom manter guardados os recibos das suas compras com cartão de crédito e débito. Assim, você poderá conferir seus gastos em relação ao que é cobrado na sua fatura. 

Caso não queira acumular papel para controlar de perto todas as compras que faz no cartão de crédito e débito, você também pode utilizar aplicativos para celular que podem te ajudar nessa tarefa.

5. Proteja seus dispositivos e redes

Proteja suas informações digitais:

  • Baixe e instale atualizações no seu computador e celular: é importante manter o seu sistema operacional, software e navegador atualizados com os recursos de segurança mais recentes;
  • Instale um software de segurança: o tipo mais comum é o antivírus, que protege seu computador contra vírus.

6. Proteja-se na hora de fazer compras online

Atualmente, as compras online estão mais populares do que nunca, o que significa que é importante proteger suas informações na internet. Por isso, em primeiro lugar, tente fazer compras em empresas conhecidas.

Procure por sites com https: em seus endereços da web — o “s” significa protegido (de secure, em inglês), por exemplo.

Aliás, verifique as políticas de pagamento, reembolsos, devoluções e envio sempre que fizer uma compra pela internet. Por fim, guarde os códigos ou recibos de confirmação.

Fazer compras com cartão de crédito e débito é cômodo e pode ser a opção mais segura no dia a dia, basta tomar alguns cuidados.

Para continuar aprendendo como manter sua situação financeira nos trilhos, leia nosso artigo sobre o que fazer quando você atrasa uma conta e fica inadimplente.