5 motivos para ter uma equipe feliz em sua loja

O objetivo de todo empresário ou gestor é ver o sucesso da empresa através de crescimento econômico e expansão. E alcançar tudo isso se torna mais fácil quando se tem uma equipe feliz e satisfeita.No entanto, ainda percebemos que muitas empresas simplesmente ignoram a importância da qualidade de vida no ambiente laboral. Principalmente porque não focam no bem-estar e na valorização de seus colaboradores.

Como resultado dessa falta de atenção ao capital humano, passam a ter uma rotatividade maior no quadro de pessoal, elevam a taxa de absenteísmo e, como consequência, de afastamentos temporários que prejudicam o andamento do trabalho e atrasam o alcance de metas, por exemplo.

Uma estudo realizado pela empresa de seleção e recrutamento Robert Half em diversos países, concluiu que quando há um nível maior de envolvimento dos funcionários, a produtividade aumenta.

Isso porque, ao se sentirem valorizados, os trabalhadores se tornam mais motivados para contribuir de forma real e direta com a empresa. 

Neste artigo vamos apresentar 5 motivos para criar um ambiente de trabalho saudável. Pois, queremos mostrar que investindo numa equipe feliz você terá ainda mais resultados para o seu negócio. Confira!

Porque investir na felicidade da equipe?

O local de trabalho é onde as pessoas passam a maior parte do tempo de suas vidas. Com jornadas de oito a dez horas diárias, é fundamental que o colaborador se sinta confortável e satisfeito exercendo sua função.

Pois, ao contrário, sua produtividade será reduzida e os problemas começarão a surgir.

E se isso é algo profundamente negativo para o trabalhador, para a empresa não é diferente.

Perde-se muito mais em tempo e recursos com afastamentos, faltas e até mesmo demissões, do que criando uma atmosfera favorável e investindo no bem-estar dos funcionários.

Veja porque uma equipe feliz em sua loja faz toda diferença:

1. Funcionário motivado produz mais

Valorização, respeito e felicidade são o tripé da garantia de bons resultados. Funcionários que trabalham motivados produzem mais. E como consequência, o aumento da produtividade gera mais lucro.

Uma das estratégias mais comuns de motivação dos funcionários é quanto aos salários e participação nos lucros. Valorizar monetariamente o colaborador e incentivar a equipe através de algum tipo de ganho extra, com certeza é uma boa maneira de torná-los mais empenhados e felizes.

Porém, não é só o dinheiro que traz motivação. Gestores e empresários devem estar atentos quanto ao bem-estar, à segurança e conforto do trabalhador. Proporcionar um ambiente agradável e acolhedor, com foco no capital humano, também é uma forma criar uma equipe mais motivada.

2. Equipe feliz atende melhor e atrai mais clientes

A valorização dos colaboradores e o reconhecimento pelos seus esforços é de extrema importância para manter a equipe feliz e engajada. Quando se trabalha com vendas, o potencial de sucesso pode ser medido de acordo com a forma que os vendedores atendem os clientes, e se eles estiverem “de bem com a vida” no trabalho, isso refletirá no atendimento.

Contudo, ao atuar num ambiente hostil, desagradável, onde não se sentem valorizados e a pressão para os resultados é demasiada, a equipe tende a tornar-se um reflexo dessa hostilidade.

Por isso é fundamental investir em qualidade de vida dentro do ambiente laboral, cuidar da saúde mental dos colaboradores, dar a eles vez e voz para participar dos processos de forma ativa. Isso fará com que vistam a camisa da empresa e cuidem do negócio como se fosse seu, e um bom atendimento, feito por pessoas motivadas e felizes, atrairá mais clientes para a loja.

3. Ambiente de trabalho agradável e seguro reduz o absenteísmo

Uma das principais causas do absenteísmo nas empresas é a falta de valorização do profissional. O reconhecimento pelos serviços prestados tem relação direta com a autoestima das pessoas, e quando não recebe um feedback positivo diante de uma boa atuação, o funcionário acaba perdendo o interesse pela empresa.

Mas quando um funcionário se sente à vontade no ambiente de trabalho, sabendo que se trata de um lugar saudável e que a empresa se preocupa com qualidade de vida, isso faz com ele tenha mais prazer de sair de casa todos os dias e realizar suas tarefas.

Outro aspecto importante é quanto à estrutura de trabalho. Ao se deparar com a deficiência de recursos e suporte para exercer suas atividades de maneira adequada, o profissional se sente limitado e impedido de dar o andamento ao trabalho, e esse será um forte motivo para o absenteísmo. 

Portanto, uma equipe feliz depende muito do investimento na estrutura de trabalho e a valorização humana é essencial para evitar a desmotivação e a falta de comprometimento.

4. Investir em capital humano é aumentar o patrimônio

Muitas empresas ainda não perceberam que o capital humano é o patrimônio mais importante de uma empresa, e que investir na qualidade de vida dos colaboradores está longe de ser um gasto, na verdade é um investimento com retorno rápido e bastante visível, já que o bom rendimento no trabalho está diretamente ligado a uma equipe feliz.

Ao criar mecanismos de participação, através de incentivos e recompensas, e também na criação de oportunidades de conhecimento, como cursos e especializações internas, a empresa investe em seus talentos, agregando ao currículo do funcionário, e aumentando seu patrimônio através de um quadro de pessoal com profissionais mais capacitados e experientes.

5. Mais liderança, menos chefia

Ser líder é diferente de ser chefe. O primeiro é alguém que inspira e motiva seus colaboradores e sabe a importância de cada um dentro da empresa. Um equipe feliz precisa ser liderada com entusiasmo, por alguém qualificado e com foco no desenvolvimento mais do que nos resultados.

Já o chefe é aquele que dá ordens e dita as regras, sempre focando no resultado e determinando que cada um cumpra sua tarefa no prazo. Chefes costumam tomar decisões individuais, e quase nunca param pra escutar seus subordinados.

Num mundo onde as relações interpessoais tem sido a base do desenvolvimento social e econômico, fica claro que a liderança cria uma atmosfera mais favorável para a empresa, ao invés de uma chefia engessada e tradicional.

Por isso, o bom líder é capaz de gerir uma equipe feliz, criativa e motiva a buscar os melhores resultados.

Agora que você já tem bons motivos para investir numa equipe feliz, que tal seguir outras dicas para o seu negócio?